marcos vicentti

marcos vicentti

No Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, desejo homenagear os milhões de empreendedores dos pequenos negócios brasileiros. Com sua incrível capacidade de gerar empregos e contribuir para o desenvolvimento local, o segmento passou – para alegria de todos que, como eu, abraçaram essa causa há muitos anos – a ser alvo de políticas públicas diferenciadas. Acompanhando esse cenário de mudanças favoráveis, trabalhar com pequenos negócios e com empreendedorismo, uma atividade antes pouco compreendida pelas pessoas, ganhou uma maior visibilidade e adesão na sociedade.

As mulheres empreendedoras, em meio a um contexto mais favorável aos pequenos negócios, estão ocupando um espaço cada vez mais relevante. Já lideram a abertura de maior parte dos novos negócios no país, à frente de 52% dos empreendimentos com três anos ou menos.

Portanto, neste dia que marca muitas conquistas e avanços, quero reconhecer todos que acreditam, apoiam e lideram os pequenos negócios brasileiros na pessoa da empreendedora Kelly Katiane. Ela é cabeleireira, dona de um salão de beleza no Acre, e aparece na foto lavando o cabelo de uma cliente na canoa, em plena situação de calamidade pública por conta da enchente do rio Acre, em Rio Branco, em março passado. A história de Kelly Katiane ganhou notoriedade em matérias online com essa inusitada imagem que, por si só, mostra de forma eloquente como a capacidade empreendedora pode ir mais longe, diante de obstáculos e desafios.

Muito se fala da importância de empreendimentos inovadores, quase sempre tomando como referência o uso de tecnologias. A emblemática história de Kelly Katiane desmistifica essa noção, mostrando o potencial do empreendedorismo feminino, e que é possível, mesmo para um empreendimento tão pequeno, com tão poucos recursos financeiros, fazer inovação com baixos investimentos, porém com altas doses de coragem, criatividade, iniciativa, senso de oportunidade e ousadia. Quantas “Kelly Katianes” estarão fazendo a diferença em suas comunidades? Tenho convicção que muitas. Como poderemos ajudá-las a irem mais longe ainda?

Anúncios