arquivo pessoal

arquivo pessoal

No dia do artesão, comemorado mundialmente, relembro um projeto inovador e gratificante que tive a oportunidade de liderar: o Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato, uma iniciativa das unidades de Acesso a Mercados e de Atendimento Coletivo – Comércio e Serviços da instituição.

O prêmio fazia parte de uma estratégia para ampliar oportunidades no mercado nacional e internacional, incentivando empreendedores do segmento a buscarem inovação e diferenciação mercadológica de seus produtos, contribuindo para geração de trabalho, renda e a maior competitividade de suas unidades de produção artesanal.

Na foto, a equipe do projeto – parceiros internos e externos – na cerimônia de premiação da primeira edição, em 2007. Da equipe de Acesso a Mercados, lá estavam o Eraldo Ricardo dos Santos, eu, à frente da área, e a saudosa colega Beatriz Rossetto; à frente do Atendimento Coletivo – Comércio e Serviços, Vinícius Lages, e sua equipe de artesanato, Durcelice Mascene e Patrícia Salamoni; à frente da área de Marketing e Comunicação, Luiz Barretto; Renata Ziller, liderando a Assessoria de Relações Institucionais, contando com Ana de Queiroz Sales. Os parceiros e consultores externos do projeto, Márcia Martinn e Eduardo Barroso, também estiveram presentes.

É relevante destacar que na foto estão o atual Presidente do Sebrae, Luiz Barretto, e o atual Ministro do Turismo, Vinícius Lages, que na ocasião comandavam unidades do Sebrae Nacional.

As 100 unidades artesanais mais competitivas premiadas na primeira edição foram selecionadas com base em 10 critérios: o grau de inovação e diferenciação mercadológica dos produtos; adequação econômica dos produtos ao seu público-alvo; adequação ergonômica e funcional nas unidades de produção; adequação ao meio ambiente; capacidade produtiva; adequação cultural; adequação logística; qualidade percebida nos produtos/valor agregado; práticas comerciais justas; e responsabilidade social.

Além de iniciativas como o Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato (http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/sebraeaz/Pr%C3%AAmio-Sebrae-Top-100-de-Artesanato), o empreendedor que é artesão tem mecanismos de apoio como a o Programa do Artesanato Brasileiro, no âmbito da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República.

Mais informações:http://www.smpe.gov.br/assuntos/programa-do-artesanato-brasileiro

 

Anúncios