sergio lima - folhapress

Em 2012 se comemora os 80 anos do voto feminino no Brasil, como já pude registrar aqui no blog. Assim, merece uma menção especial a posse da Ministra Cármen Lúcia, 57 anos, como primeira mulher Presidente do TSE  – Tribunal Superior Eleitoral. Ela coordenará as eleições municipais de outubro deste ano.

Com seus cabelos grisalhos, expressão serena e firme, parece em paz com a missão de grande responsabilidade que passará a exercer. Defensora da Lei da Ficha Limpa e da contribuição da imprensa para a democracia, terá a oportunidade de exercer um papel importante para a vida deste país, para o qual demonstra preparo, pela sua trajetória na vida pública.

Há momentos, como este, em que temos a percepção de que uma feliz convergência histórica de fatores ocorre e quem sai ganhando é a sociedade, tamanha a importância de termos lideranças na vida pública, em particular mulheres, pela ainda baixa representatividade, que inspirem credibilidade aos cidadãos.

Vale celebrar, acima de tudo, a ascenção de alguém habilitado – em competências e idoneidade – para ocupar um lugar tão importante. Que tenha muito êxito em sua gestão, para o bem de toda a sociedade brasileira.

Anúncios