stock.xchng

O relatório “O Estado das Cidades do Mundo 2010/2011: Unindo o Urbano Dividido” feito pela Organização das Nações Unidas (ONU) a cada dois anos, divulgado ontem, aponta quatro cidades como as mais desiguais do Brasil: Goiânia, Fortaleza, Belo Horizonte e Brasília. O estudo revela um crescente processo de urbanização, com a maior parte da população global (50,6%) hoje habitando em cidades, sendo uma parcela considerável em favelas. Uma boa notícia do estudo é que 227 milhões de pessoas, nesta década, deixaram de viver em condições de favela, como resultado da melhorias urbanas tais como acesso a água e saneamento, fazendo com que um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio fosse atingido.

O trabalho é desenvolvido pela Agência das Nações Unidas UN-HABITAT, comissionada para promover cidades social e ambientalmente sustentáveis, com o objetivo de prover habitação adequada para todos.

Utilizando o coeficiente de Gini, índice comumente adotado para medir a desigualdade, que reflete a distribuição de renda entre os indíviduos em uma economia, o estudo aponta dois cenários. O primeiro indica que há centros urbanos com rápido crescimento industrial e geração de riqueza, acompanhado de lixo e poluição ambiental. Por outro lado, o segundo cenário mostra que há centros caracterizados por estagnação, decadência urbanística, crescente exclusão social e intolerância. Em ambos os cenários, é sinalizada a necessidade urgente de abordagens mais sustentáveis para o desenvolvimento urbano. Cidades mais verdes e inclusivas podem ajudar a combater as mudanças climáticas e resolver desigualdades urbanas que persistem há décadas.

A meta é que o estudo possa inspirar políticas urbanas que ultrapassem uma perspectiva compartimentalizada e de curto prazo dos problemas. A principal mensagem deixada é que será impossível alcançar desenvolvimento sustentável sem atuar sobre as desigualdades e a pobreza urbanas.

Informações sobre o estudo:

http://www.unhabitat.org/pmss/listItemDetails.aspx?publicationID=2917

Matéria do Correio Braziliense: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/03/19/brasil,i=180840/QUATRO+CIDADES+BRASILEIRAS+ESTAO+ENTRE+AS+MAIS+DESIGUAIS+DO+MUNDO.shtml

Anúncios